Moda Lisboa / Estoril 2008

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Moda Lisboa / Estoril 2008

Mensagem  Admin em Sex 19 Out - 6:12

"Move" foi o mote da 29.ª edição da ModaLisboa, que revel0u as colecções de Primavera/Verão dos criadores nacionais para 2008. Este ano, a ModaLisboa abandonou a capital e passou a designar-se ModaLisboa/Estoril. Decorreu de 11 a 14 de Outubro na Cidadela de Cascais, antiga residência de Verão do rei D. Luís, onde estiveram expostas as jóias da coroa da moda nacional.

'Look' natural é a tendência que vai marcar o Outono/Inverno de 2008.
Menos é mais. Por isso, a tendência para o próximo Outono/Inverno é o look natural. No dia em que fechou a porta e disse "até para o ano", a Moda Lisboa lançou ideias para quem as quiser agarrar. Os comprimentos vão subir e as calças vão ser mais justas, avisa a criadora Anabela Baldaque. Extravagâncias, só nos acessórios. Depois do sucesso de quatro dias de desfile, a 28.ª edição da Moda Lisboa espera rever-se na rua. Na roupa de todos os dias.

Os 70 metros de passerelle montada no Museu de História Natural - habitat da Moda Lisboa deste ano - foram só a montra. É que "a moda tem de se vender para ser moda", diz a organizadora do evento, Eduarda Abbondanza. E se a sala de maquilhagem dos manequins foi "o motor do glamour", o espaço de show-room, "onde os criadores têm exposta roupa para ser tocada", foi o motor do negócio. Assim, o verdadeiro balanço desta Moda Lisboa não pode ser feito já. Será feito no Outono/Inverno do próximo ano, quando as roupas ali desfiladas estiverem na rua, noutros corpos.
Noutros corpos e noutras caras. "A maquilhagem vai ser muito natural", diz Susana Santos, de 25 anos, maquilhadora. Aqui e ali poderá ver-se "um bâton mais vermelho", mas só para dar graça. "Porque se usa sempre." E "umas unhas escuras, para fazer contraste", porque os contrastes sempre deram bons resultados. Fora isso, tudo o mais natural possível. Que não é o mesmo que dizer sem maquilhagem.

Como misturar é quase sempre uma boa opção, a criadora Anabela Baldaque propõe "uma difusão de materiais". E promete: "O divertido vai encontrar-se nesta colecção." E é, confirma, aos acessórios "que se pode ir buscar mais força e mais dinamismo" para enfrentar o Inverno. Sem abusar, é permitir inventar.

No fim de festa, a organizadora do evento, Eduarda Abbondanza, não tem problemas em olhar para trás: "A Moda Lisboa foi-se transformando na medida das nossas vontades. Nasceu aqui e foi feita para aqui." Mas Eduarda Abbondanza acalenta um sonho: "Trabalhar internacionalmente, levar esta equipa lá fora." É que uma equipa que consegue levar 40 mil pessoas ao evento merece isso.
Ângela Marques in DN
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 26
Data de inscrição : 27/09/2007

Ver perfil do usuário http://minde.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum