Califórnia em Chamas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Califórnia em Chamas

Mensagem  Admin em Qua 24 Out - 3:52

Os incêndios que atingem a Califórnia já deixaram meio milhão de evacuados e mais de mil casas destruídas, obrigando o presidente americano, George W. Bush, a decretar o estado de emergência na região.

Nesta terça-feira, pelo menos 14 focos seguiam devastando o sul da Califórnia, do norte de Los Angeles até San Diego, por onde o fogo chegou ao território mexicano.

Até o momento, uma pessoa morreu e mais de 20 ficaram feridas em conseqüência dos incêndios, que começaram no domingo e se alastram rapidamente devido ao clima seco e aos fortes ventos, destruindo mais de mil residências.

Bush liberou uma ajuda federal e anunciou que na quinta-feira visitará a Califórnia para ver a situação de perto.

A porta-voz da Casa Branca Dana Perino disse que o presidente está em contacto com o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, para se manter informado sobre a situação.

"Tem uma linha aberta de comunicação e, se precisar, é só me falar", disse Bush a Schwarzenegger, que no momento "dispõe do necessário", revelou a porta-voz.

Pelo menos 513.000 pessoas do condado de San Diego receberam ordens para abandonar a região, onde suas casas estão ameaçadas pelas chamas, informou uma autoridade local.

A zona de San Diego é a mais afetada e milhares de pessoas foram levadas nesta terça-feira para o estádio Qualcomm. Idosos e jovens, pobres e ricos, mais de 20.000 pessoas já estão no interior do estádio, casa da popular equipe de futebol americano San Diego Chargers American.

A Cruz Vermelha americana está recebendo doações diversas, como roupas de cama, colchões, lanternas, pilhas, sacos de dormir, produtos higiênicos, garrafas d'água e dinheiro.

Funcionários da prefeitura de San Diego pediram que não se enviem mais doações ao estádio, já que não há mais lugar para armazenar tantas contribuições.

Fortes rajadas de vento e temperaturas particularmente altas para a época têm atiçado as chamas, que já devoraram 1.355 km2 e continuam desafiando a capacidade dos bombeiros.

Alguns focos são tão amplos que podem ser vistos do espaço e a fumaça se confunde com as nuvens nos satélites meteorológicos.

Milhares de bombeiros, apoiados por militares, combatem as chamas com a ajuda de 90 helicópteros e aviões, entre eles um DC-10 modificado.

Quatro aviões C-130 da Guarda Nacional, equipados para lançar produtos químicos e retardar o avanço das chamas, seguiram na véspera do Colorado e da Carolina do Norte para a base de Point Magu, na Califórnia.

Um dos focos destruiu 160 residências na zona montanhosa de San Bernardino, a leste de Los Angeles, onde mansões ao longo das encostas estão a ponto de ser destruídas pelas chamas, como ocorreu em Running Springs.

"Os incêndios que estão varrendo o sul da Califórnia são a tormenta perfeita", disse o supervisor do condado de Los Angeles Zev Yaroslavsky.

"O departamento dos bombeiros e as forças de segurança estão sobrecarregados e os focos continuam surgindo. Os ventos são erráticos e imprevisíveis. Não é possível dizer para onde as chamas vão e quando".

O chefe dos bombeiros de Los Angeles, Michael Freeman, disse que espera a ajuda dos bombeiros do norte da Califórnia e dos estados de Arizona e Nevada.
[size=9]in "Último Segundo"[/size]
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 26
Data de inscrição : 27/09/2007

Ver perfil do usuário http://minde.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum