Minde: Que Soluções ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Minde: Que Soluções ?

Mensagem  pm em Sab 22 Dez - 11:05



Começou por ser um comentário em resposta ao VMCS no artigo sobre a Viabilização do Orçamento da CMA no Minde-Online, e virou post, pelo que transcrevo o referido comentário do VMCS:

"... soluções ... quanto a mim a Freguesia e Minde só tem uma hipótese de voltar a ter população e a ser uma freguesia dinâmica, como foi até há 12/15 anos... construção do Pólo Industrial a Norte do Concelho ...
Podem-me dizer ... mas há pólos relativamente perto - pois há - só que as pessoas que vão trabalhar para Torres Novas ou Fátima, por exemplo, acabam por mudar a residência para essas cidades.

Só não vê quem não quer.
E não me venham com histórias de que Minde pode viver só da cultura - também deve viver, mas não chega. Deixem-se de fantasias, por amor de Deus.
Alimentar essa visão redutora é fazer o jogo de quem não quer desenvolvimento económico na Freguesia de Minde."
Vitor Manuel Coelho da Silva




COMENTÁRIO:
É uma visão bem realista da situação.
Precisamos urgentemente de soluções que viabilizem o desenvolvimento de Minde e que "estanquem" a sua queda acentuada e o desertar continuado da juventude (e não só) para outras paragens. Se não o fizermos, Minde corre o risco de se "apagar" e passar a ser um mero dormitório de uma população envelhecida.

A música, a cultura, e um pouco de turismo podem ser relevantes, mas Minde necessita de actividade industrial. Será um erro pensar o contrário, assim como será um erro considerar que a ZIM virá resolver alguma coisa.

Esta designada Zona Industrial está projectada de um modo totalmente desadaptado da realidade, não passa de um mero loteamento para barracões, que apenas servirá meia-dúzia de interessados que necessitam de espaços, e não atrairá qualquer investidor externo.
Enquanto é tempo, há que readaptar e reorganizar as áreas de modo a converter esta ZIM numa zona de expansão de Minde, transformando-a num Parque de Serviços e Pequenas Indústrias, e dando-lhe atratividade. Caso contrário estará condenada à nascença e não passará desta primeira fase.

A Música já é uma realidade significativa na n/ terra, mas o Turismo Cultural e o Ecoturismo necessitam de eventos e afirmação. Neste ponto, a sociedade civil, pode e deve fazer muito mais. Ficar à espera que outros venham resolver os n/ problemas, não nos levará a lado nenhum.

O designado Pólo Industrial a Norte do Concelho? É uma solução.
Precisamos de uma área atrativa para implantação de indústrias inovadoras, de média envergadura, que crie postos de trabalho, fixe a população, e que, simultaneamente crie condições para o desenvolvimento e revitalização do sector da indústria de transportes do Covão do Coelho. Já se justificava a criação de um Terminal Logístico.

Esta é uma visão pessoal que considero realista, e adaptada a quase todo o concelho. Em contrapartida, a autarquia responde-nos com uma quantidade enorme de projectos utópicos para museus e museusinhos de tudo e mais alguma coisa.
É claro que a cultura é importante e é a identidade de qualquer povo. Mas na situação actual, precisamos é de postos de trabalho, e eles não aparecem pela via do tal projecto megalómano do "Museu Territorial".

SOLUTIONS FOR MINDE - URGENCY WANTED !!!
avatar
pm

Mensagens : 23
Data de inscrição : 03/10/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum